Período: 10/07/2018  à  10/12/2018

Coordenador: Bruno Andrade Pinto Monteiro

 

Resumo da Ação de Extensão
  O curso tem por objetivo resgatar, registrar e dar visibilidade aos conhecimentos, memórias e vivências construídos no âmbito do trabalho docente nas escolas de educação básica de Macaé, sobretudo, aqueles ligados à abordagem de temáticas sociocientíficas e ambientais. Sabemos que, no exercício da profissão, os professores constituem suas identidades profissionais e ao mesmo tempo desenvolvem articulações com a comunidade, parcerias com universidades, museus, centros de ciência e organizações não-governamentais e que, nestes contextos, constroem saberes e geram reflexões que impactam as realidades educacionais e sociais locais. Entretanto, não há uma sistemática de comunicação dos registros e resultados de tais experiências junto à sociedade, o que reforça a imagem da educação pública como lugar de carência e insuficiência. Tampouco encontramos uma problematização acerca das relações entre escolas e universidades. Neste projeto buscamos implementar práticas reflexivas por meio de literaturas afro-brasileiras que promovam o resgate e a valorização da memória e experiência docente, por meio de atividades de produção de texto. O modelo de produção de textos a que estamos nos afiliando diz respeito ao que Conceição Evaristo, célebre escritora brasileira, denomina de: Escrevivência. Escreviver significa escrever e viver, rememorar, visitar a memória e transitar no entrelugar, na memória e na eventicidade da escrita. Por meio das escrevivências produzidas pelos cursistas buscaremos compreender a polissemia de seus discursos, suas identidades e suas reflexões acerca de seus papéis enquanto professores.

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ