A Direção do Campus UFRJ-Macaé repudia quaisquer manifestações de caráter racista em suas dependências e abrirá inquérito para apurar o ocorrido no dia 05 de março no trote dos calouros da Engenharia.
 
Informamos que as investigações serão realizadas seguindo o procedimento legal e, caso seja constatado crime de racismo, os envolvidos serão responsabilizados tanto na esfera acadêmica quanto na criminal.
 
Enquanto durarem as investigações, os trotes estão suspensos e proibidos dentro das dependências do Campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro em Macaé.
 
Lançamos, no início da semana, uma campanha para impedir o trote violento ou vexatório e garantimos que condutas de caráter racista, homofóbico, sexista ou que configure qualquer tipo de discriminação serão severamente punidas.
 
Direção do Campus UFRJ-Macaé
UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ